A excelência no atendimento ao cliente é fundamental para o sucesso de qualquer empresa. Mas quando falamos do setor da saúde, essa prática deve ser ainda mais importante, já que a satisfação do paciente é fator determinante para um hospital ou clínica médica ser bem-sucedida.

Neste artigo, falaremos sobre a importância de medir essa satisfação e como o Wi-fi pode contribuir nesse processo. Continue a leitura!

A importância de medir a satisfação do paciente

A satisfação do paciente deve ser um dos principais focos em uma instituição de saúde, tendo em mente que quanto mais alto for esse índice, maior será a vantagem competitiva do hospital ou da clínica médica.

Algumas práticas, como atendimento eficiente e rápido, podem contribuir nesse sentido, mas entender a percepção do próprio paciente de como o ambiente deveria ser ajudará bastante na otimização de toda a gestão administrativa.

Medir a satisfação por meio de pesquisas, por exemplo, é um método eficiente para entender o comportamento das pessoas no pós-atendimento e abrir caminho para sua fidelização.

Dicas para entender o nível de satisfação de seus pacientes

Realizar uma pesquisa de satisfação é essencial para o sucesso de qualquer negócio, e no segmento da saúde não é diferente. Veja abaixo três dicas para adotá-la em seu estabelecimento.

Defina uma metodologia de aplicação

O ideal é não fazer a pesquisa de satisfação enquanto o paciente estiver dentro do estabelecimento, aguardando uma consulta ou exame. Isso porque ele pode estar irritado, ansioso ou com pressa para ir embora após o atendimento e, provavelmente, não responderá ou fará uma avaliação bastante negativa.

Desse modo, a forma mais adequada para realizar esse trabalho é entrar em contato em outro momento e de maneira que o paciente considere mais agradável, pelo canal de comunicação e horário que o paciente definir, como um formulário em alguma plataforma virtual ou mesmo um contato telefônico.

Escolha as perguntas certas

Formule questões objetivas. Essa é a melhor forma de obter uma resposta real sobre o atendimento. As perguntas devem ser claras, curtas e fáceis de responder.

A pesquisa de satisfação precisa obter as informações necessárias para melhorar o atendimento e é de suma importância que as correções sejam implantadas o mais rápido possível. Quando isso acontece, o paciente percebe a preocupação do estabelecimento em prestar um bom serviço e, certamente, se sentirá satisfeito.

Sugestões de perguntas:

  • A recepcionista foi simpática?
  • A sala de espera e o consultório estavam limpos?
  • A espera pelo atendimento foi demorada?
  • O médico foi atencioso e claro ao passar as informações necessárias?
  • Você indicaria o hospital/clínica a outras pessoas?

Você pode, também, adotar metodologias conhecidas pelo mercado. Veja mais sobre isso em nossa última dica, logo abaixo.

Conheça o método NPS

Diferentemente das pesquisas tradicionais de satisfação, o método Net Promotor Score (NPS), desenvolvido pela Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, avalia o grau de satisfação e fidelidade dos clientes por meio de perguntas, que podem estar relacionadas a qualquer área do serviço prestado.

Elas, por sua vez, sempre envolvem notas. Por exemplo: “em uma escala de 0 a 10, o quanto você ficou satisfeito com o atendimento durante a sua permanência no hospital/consultório”?

Assim, a partir dessas avaliações fornecidas pelos pacientes, é possível verificar o seu grau de satisfação e definir três perfis principais:

  • 10 e 9 — pacientes muitos satisfeitos, que são considerados leais e, certamente, recomendariam o hospital/clínica;
  • 8 e 7 — são os pacientes indiferentes, mas que podem ser facilmente convencidos a voltar e recomendariam a instituição;
  • 6 a 0 — são os pacientes parcial ou totalmente insatisfeitos e que podem, inclusive, denegrir a imagem do estabelecimento.

Esse método permite a criação de um banco de dados com as notas dadas pelo paciente para que o gestor possa compreender em qual grau se enquadra a instituição de saúde.

Entretanto, vale ressaltar que independentemente do método escolhido, os resultados não devem ser arquivados. Eles precisam ser analisados individualmente e, a partir daí, elaborar estratégias e providenciar as mudanças necessárias para melhorar o atendimento.

O Wi-Fi na aplicação de pesquisas de satisfação

O Wi-Fi Inteligente tem como base o aprendizado dos hábitos do cliente, levando em consideração quais são as redes mais usadas pelo usuário.

Se o paciente já estiver cadastrado na rede do hospital ou clínica, automaticamente ele será conectado e poderá receber, além das notificações relativas ao atendimento, uma pesquisa de satisfação de forma ágil e prática.

Se for aplicada uma pesquisa no método NPS, rapidamente ele pode dar uma nota às perguntas. Inclusive, ter um Wi-Fi Inteligente para esse fim também é interessante para o estabelecimento, já que os dados da pesquisa estão digitalizados, o que torna muito mais fácil sua organização.

As soluções da Think Digital para a saúde

O Wi-Fi Inteligente permite melhorar a experiência em instituições de saúde pois, além de ser uma ferramenta segura e potente, ela contribui para a coleta de dados e na realização de pesquisas de satisfação.

Ciente disso, a Think Digital oferece a solução com foco em excelência. Disponibilizamos tecnologia de ponta para fornecer um Wi-Fi Inteligente capaz de transformar processos nos hospitais e clínicas médicas.

Ficou interessado em saber mais sobre como o Wi-Fi inteligente pode contribuir na aplicação de pesquisas de satisfação do paciente? Entre em contato conosco e saiba mais sobre esta e outras soluções oferecidas pela Think Digital.

 

Compartilhe!