Imagine poder criar estratégias de vendas e de marketing baseadas nas informações coletadas pelo Wi-Fi. Agora, pense em como é possível monetizar esse acesso com divulgação de empresas parceiras e promoções exclusivas para o usuário da sua rede.

A Think Digital cria módulos de campanha dentro de softwares para engajar o usuário de alguma maneira, seja por e-mail, seja por SMS, seja por vídeo, seja pelo portal de acesso. Assim, pode ser possível monetizar ferramentas, como chatbots, Wi-Fi e WhatsApp.

Veja, neste artigo, feito a partir da entrevista de Márcio Galvão — gerente de soluções da Tecnoset —, como é possível monetizar o Wi-Fi para criar estratégias mais acertadas para o seu negócio.

Como monetizar o Wi-Fi da sua empresa?

Quando um cliente vai a um ambiente com grande circulação de pessoas, como um shopping, o acesso ao Wi-Fi público é aberto ou liberado mediante uma senha.

O portal Captive captura os dados dos usuários da rede corporativa para a empresa criar estratégias direcionadas ao perfil mais frequente de consumo.

Isso ocorre mediante o preenchimento de dados em um pequeno formulário. Por exemplo, se o cliente está em um shopping e precisa utilizar a Internet, na página de liberação do acesso, ele informa seu nome, e-mail e CPF.

Além disso, são disponibilizadas automaticamente, na tela inicial para acesso, mídias pagas, como banners e vídeos institucionais, para impactar o cliente de forma omnichannel: em âmbito físico e digital.

Assim, antes que o usuário comece a navegar na Internet, acessa um portal com inserção de mídia ou comunicação para ser familiarizado com a marca-alvo da estratégia, por meio da conexão do Wi-Fi.

Como a empresa pode se beneficiar com essa ferramenta?

A empresa pode buscar um parceiro, um patrocinador para monetizar essa ferramenta ou usar de forma institucional. Assim, é possível colocar em prática estratégias mais efetivas, no que diz respeito ao aumento de produtividade e à redução de custos, que destacamos a seguir.

Monetizar o Wi-Fi

O intuito da monetização é gerar dinheiro para potencializar a rentabilidade do negócio ou viabilizar uma economia de escala, para reduzir custos operacionais que interfiram na lucratividade da empresa. Assim, com a monetização, é possível pagar a estrutura ou transferir essa responsabilidade para a empresa parceira, que realizará a divulgação no espaço.

Promover experiências de consumo personalizadas

Além de rentabilizar e poder receber pela estrutura, para reduzir os custos de manutenção, a empresa fornece um serviço, uma comodidade para o seu cliente, por meio do acesso liberado a um ponto de Internet.

De posse dessas informações, a empresa pode criar ações específicas de vendas: ao identificar a presença de um público de faixa etária mais baixa, pode oferecer uma promoção de compartilhamento nas redes sociais, por exemplo.

Além de criar ações de vendas mais eficientes e promoções por intermédio do enriquecimento da base de dados da empresa, incrementará o CRM (Customer Relationship Management) e estreitará a relação dos clientes com a marca — para agilizar e potencializar os resultados do negócio em longo prazo.

A consolidação dos dados desses usuários permite uma análise mais precisa sobre o perfil de consumo geral, as preferências dos clientes, o tempo de permanência no local ou as deficiências observadas no serviço que podem ser combatidas para aumentar seu nível de satisfação com a marca.

Logo, é possível disponibilizar um serviço de qualidade e personalizado, com ofertas exclusivas ou de acordo com a recorrência ou o hábito de consumo desse cliente, sem falar no engajamento possibilitado pelo recurso durante seu acesso.

Realizar pesquisa de satisfação

Ao final do acesso, ainda é possível inserir um formulário de pesquisa de satisfação, para avaliar a infraestrutura e os serviços disponibilizados naquele local.

Imagine como isto seria de grande valia para um shopping ou hospital: poder perguntar, por exemplo, o que é preciso para melhorar o atendimento e os recursos disponíveis na infraestrutura. O usuário informa seus dados no início do acesso e sua resposta à pesquisa de satisfação ao final, de forma rápida, antes de se desconectar da rede.

Criar um novo meio de comunicação

Com o recurso, também é possível viabilizar um espaço para a comunicação interna de uma rede corporativa. A empresa pode informar horários de reuniões e divulgar eventos e ocorrências do ambiente organizacional nesse acesso à Internet, de forma abrangente para garantir a visibilidade de todos.

Qual o processo para que uma empresa monetize o Wi-Fi?

O primeiro passo é vender o espaço para um parceiro de negócio interessado na visibilidade que pode alcançar com o público da empresa que oferece o serviço.

Outros contratam agências de publicidade para vender o direito de nomeação da rede. É como se um shopping oferecesse ao MC Donald’s a oportunidade de promoção da sua marca em troca do pagamento dos custos de manutenção da rede.

Isso poderia acontecer com uma ou mais lojas presentes na infraestrutura da empresa — Vivo, Coca-Cola, C&A, Renner, ou por qualquer parceiro de negócio interessado na grande visibilidade que sua marca terá com a estratégia.

Monetizar o Wi-Fi não significa apenas transferir a responsabilidade dos custos de uma rede para um parceiro, mas, sim, disponibilizar um espaço em que o acesso é constante e abrangente, para aumentar a visibilidade de uma marca, armazenar dados para criar estratégias mais eficientes de venda e de divulgação e, ainda, melhorar a comunicação entre uma empresa e os usuários de sua rede.

A Think Digital oferece esses módulos de campanha para esse engajamento do usuário, independentemente da ferramenta utilizada por ele. A empresa disponibiliza vários formatos para que o anunciante alcance seu objetivo, por meio de três pilares:

  • personalização de ofertas em tempo real;
  • promoções diferenciadas com base nos hábitos dos clientes;
  • programa de fidelização.

A alta conectividade dessa geração deve ser usada a favor do desenvolvimento de negócios mais inovadores. Criar diferenciais para melhorar a experiência de consumo de seus clientes é apenas uma das etapas para a garantia da competitividade nesse cenário.

Agora que você sabe como monetizar o Wi-Fi e como isso pode ser benéfico para melhorar o desempenho da sua empresa, entre em contato com a Think Digital e conheça nossa solução! Somos parceiros da Cisco, que é a líder mundial em TI e redes e juntos estamos transformando a maneira das empresas se conectarem.

Compartilhe!